Feminismo acusa falsamente rapaz de estupro e destrói a vida dele

28/06/2013 09:10

Feminismo acusa falsamente rapaz de estupro e destrói a vida dele

 




Pressionando Desembargador Ari Jorge Moutinho da Costa

Justiça e Governo do Amazonas: Indenizem inocente que contraiu AIDS depois de 3 anos preso injustamente


Em 2003, o ajudante de pedreiro Heberson Oliveira foi acusado de entrar numa casa na periferia de Manaus e estuprar uma criança no quintal. Ele foi para a cadeia, onde aguardou julgamento por três anos jurando inocência. O rapaz sem antecedentes criminais assistiu a rebeliões, entrou em depressão, foi abusado sexualmente por outros presos e contraiu o vírus HIV.
Até que uma defensora pública mostrou que não havia provas suficientes. O juiz concedeu a liberdade. Mas Heberson nunca mais seria um homem livre.
7 anos após a absolvição, ele segue desempregado pelo preconceito. Hoje cata latinhas nas ruas e consume drogas. “Eu morri quando me fizeram pagar pelo que não fiz”, diz Heberson aos 32 anos, que não toma o coquetel contra a Aids.
Heberson não entrou com um pedido de indenização contra o Estado. Perdeu a fé na Justiça e nenhum dinheiro amenizaria sua dor. Tudo o que ele quer é uma casa para os filhos e um emprego que lhe devolva a dignidade. Heberson está livre da cadeia, mas preso ao passado.

Fonte: https://www.change.org/pt-BR/peti%C3%A7%C3%B5es/justi%C3%A7a-e-governo-do-amazonas-indenizem-inocente-que-contraiu-aids-depois-de-3-anos-preso-injustamente?utm_source=action_alert&utm_medium=email&utm_campaign=23298&alert_id=WZGPKJyRcr_dZtiyfreHh


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!