Mentiram Novamente! Feliciano não barra Gays em Igrejas

19/10/2013 10:14

Mentiram Novamente! Feliciano não barra Gays em Igrejas

 

Mentiram Novamente! Feliciano não barra Gays em Igrejas

Não adianta, qualquer projeto que defenda o direito da igreja, ou da família tradicional vira bandeira de protesto contra o Feliciano, nos principais jornais se viu nesta quinta (17) o título da matéria "Feliciano quer barrar gays nas igrejas".
Vou tentar explicar já que meus colegas jornalistas não entenderam o projeto de lei 1411/2011 do Deputado Washington Reis (não do Feliciano) e relatado por Jair Bolsonaro (Não o Feliciano) na Comissão de Direitos Humanos e Minorias (não a comissão do Feliciano).
No texto principal a lei acrescenta parágrafo ao art. 20 da Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, com a provação desta lei descaracteriza crime a recusa, em templos religiosos, de aceitar ou efetuar cerimônias ou pessoas em desacordo com suas crenças e liturgias.
-->
Explicando melhor e diretamente, igrejas católicas, evangélicas ou qualquer outra denominação que se recusarem a realizar o casamento ou batismo de pessoas do mesmo sexo agora serão amparado pela lei, para não ser obrigadas a realizar tal cerimônia, também casos como o do casal de lésbicas que promoveram o beijo gay com roupas intimas em um culto na cidade de São Sebastião-SP terá legislação especifica para que o convite de se retirar estas pessoas do local com este comportamento seja amparado pela lei.
A lei não proíbe ninguém de freqüentar uma igreja, a igreja tem o prazer de receber as pessoas, a igreja foi criada para receber pessoas, a igreja se orgulha de exibir nas TV seus cultos lotados, dizer que alguém quer impedir pessoas frequentarem cultos é semelhante dizer que vocês escrevem para ninguém ler ou comprar seu jornal! Que a TV não quer o tal ibope, que construtoras promovem gigantescos condomínios para se tornar o novo empreendimento imobiliário fantasma e que candidatos não querem votos! A Igreja quer existir para receber pessoas, mas como também em comunidades ou condomínios regulamentações são necessárias para que diversas pessoas possam conviver em harmonia e isto garante a convivência comum.
Papa Francisco declarou, "todos são bem vindos a casa de Deus" o pastor Marco Feliciano também falou em seu Twitter ontem:
Todos tem o direito de ir e vir. Independente de sexo, cor ou fé, todavia o respeito aos cultos, templos e homilias tem q ser observados.
Sejam todos bem vindos aos cultos evangélicos e católicos! Cultuem conosco! Adorem a Deus conosco! Um abraço a todos!
-->
Que fique claro, a PL que não é de autoria do Deputado Marco Feliciano tem como objetivo manter o respeito da sacralidade do altar e da instituição e não impedir nada de ninguém, a forma como grande parte da mídia apresenta o Deputado Federal Pastor Marco Feliciano dá a entender que ele promove leis contra grupos homossexuais,(assim como a famigerada cura gay que também não era de autoria do Deputado e que também não era de cura gay).Aqui vai a pergunta por que a mídia não noticiou com a mesma intensidade os trabalhos do Deputado quanto a questão da prova da OAB, amplamente discutida, os problemas por contaminação de chumbo, o projeto de lei ligado a novos médicos para o interior, a investigação de exploração sexual de menores, os direitos humanos infringidos pelo assedio moral no funcionalismo público, a audiência pública sobre a diminuição da maioridade penal, as questões de saúde e bem estar indígena; todas esta questões que em nada ligadas a grupos homossexuais, assuntos que mando eu mesmo por e-mail, outras por SMS, telefono para as redações avisando que esta gestão deste deputado tem como predicado o trabalho árduo muito além daquela reunião tumultuada por militantes pagos com dinheiro público nas quartas-feiras em plenário, acredito que a proximidade do jornal nacional da novela das 9 pode ter o contaminado, pois neste "Amor a Vida" o foco principal da trama é ligada a sexualidade, e isto lhe garante o ibope, se fosse "AMOR e SEXO" já tinha apelado completamente a nudez do ser humano e despir a informação da verdade torna ela vergonhosa.
Amigos jornalistas, sei da pressão pela noticia que vende e gera recurso para manter seus empregos e instituições mas a forma publicitária de vocês difundirem a informação me causa indignação, vejo nossa profissão como algo muito além de vender o jornal de amanhã, entendo ser os jornalistas dos séculos os responsáveis pela manutenção da história que deveria ser escrita com isenção, com o coração mas nunca pela comercialização.

Coloquei abaixo links da matéria nos principais jornais do Brasil.
Site G1 Organizações Globo

http://g1.globo.com/politica/noticia/2013/10/comissao-de-feliciano-aprova-projeto-que-autoriza-igrejas-vetar-gays.html

Jornal o Globo - Organizações Globo

http://oglobo.globo.com/pais/comissao-de-feliciano-na-camara-aprova-projeto-que-permite-templos-vetar-gays-10394864

Jornal Estadão

http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,comissao-de-direitos-humanos-aprova-projeto-que-autoriza-igrejas-a-vetar-gays,1086494,0.htm

Fonte: http://fiqueatentojep.blogspot.com.br/2013/10/assessor-de-marco-feliciano-explica.html