Polícia procura por mulher que matou ex-marido a tiros na frente do filho

19/05/2015 21:26

Polícia procura por mulher que matou ex-marido a tiros na frente do filho

Câmera registra momento em que mulher mata ex em Rio Preto; veja.
Filho de 12 anos presenciou o crime; ele já prestou depoimento.

Do G1 Rio Preto e Araçatuba

 

FACEBOOK

Com pai baleado no chão, filho tenta acertar a mãe com pedaço de madeira (Foto: Reprodução/ TV TEM)

A polícia de São José do Rio Preto (SP) ainda não tem pistas da mulher matou a tiros o ex-marido durante uma briga na última sexta-feira (15). Ela fez os disparos durante uma discussão com a vítima, na frente do filho do casal, de 12 anos.

Imagens do circuito de segurança divulgadas nesta segunda-feira (18) mostram o momento do crime (veja o vídeo). Laércio de Souza, de 48 anos, trabalhava quando foi chamado pelo namorado da ex-mulher. A vítima e o filho se aproximam do homem e começam uma discussão.

Logo em seguida, a ex-mulher e outro casal chegam ao local em um carro. Nas imagens dá para ver o motociclista pegando algo no carro que, segundo a polícia, seria a arma usada no crime. Os dois, então, vão para uma área fora do alcance da câmera.

Os ocupantes do carro descem, e o filho do motorista se aproxima. Depois, a ex-mulher corre para o local da briga. De repente, a suspeita aparece com a arma na mão e atira contra Laércio, que corre com um pedaço de madeira. Depois de ser atingido, ele cai no chão.

saiba mais

O filho de 12 anos parece transtornado e joga um pedaço de madeira contra a mãe. Depois, contra o namorado dela, que foge de moto. As outras pessoas que estavam no local também entram rapidamente no carro e fogem.

A polícia então chega ao local e, logo depois, os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que tentam reanimar a vítima. Ela não resistiu.

O garoto está abrigado com o irmão mais velho e já prestou depoimento. O Conselho Tutelar aguarda a chegada do boletim de ocorrência para encaminhar o menino ao tratamento psicológico e orientar familiares sobre o pedido de guarda.

Investigações
A polícia já abriu inquérito para apurar o caso. Com base nas imagens, os investigadores tentam encontrar os suspeitos de participar do crime. “O que consta é que a separação no início foi normal, mas o relacionamento depois piorou bastante pelo fato de ela ter arrumado um novo companheiro. Tivemos até alguns boletins de ocorrência, ambos figurando como vítimas”, afirma o delegado Renato Pupo de Paula.

Além da mulher, o atual namorado dela fugiu do local do crime de moto e ainda não foi localizado pela polícia. O suspeito que dirigiu o carro durante a fuga da mulher já prestou depoimento e foi liberado. Ele também vai responder pelo crime por ter ajudado na fuga.

Os filhos da vítima já foram ouvidos. “O boletim de ocorrência foi elaborado como homicídio qualificado, por motivo fútil, e se não houver nada que mude a história dos fatos, será exatamente isso, um homicídio qualificado, que é crime hediondo”, diz o delegado.

 

Câmera registra momento em que a mulher dispara contra o ex-marido (Foto: Reprodução/ TV TEM)