Por que as feministas defendem tanto os gays

21/10/2013 06:38

Todos nós já vimos a defesa canina que as feministas fazem dos gays. Mas por que elas defendem tanto o homossexualismo? Por que elas defendem tanto os gays? Para nós compreendermos as feministas é preciso que nós entendamos o verdadeiro objetivo delas: Adquirir mais poder. Toda feminista só almeja uma coisa: aumentar o seu poder da mulher sobre os homens. Em essência, é só por isso que as feministas defendem o feminismo: para conseguir mais poder sobre os homens. Elas querem mandar nos homens. Essa necessidade de manipulação do sexo masculino está fortemente arraigada no código genético das mulheres. No passado, as mulheres tinham que seduzir os homens, para se casarem com os mais poderosos e assim conseguir mais poder. Hoje em dia, com as mulheres no Mercado de Trabalho, a necessidade que elas tinham de seduzir os homens, diminuiu, porque elas já conseguem uma grande parte de poder apenas trabalhando e recebendo salários. Mas a sedução ainda não foi extinta e jamais será, tanto é verdade que as cirurgias plásticas para colocar silicone na bunda  e nos seios batem contínuos recordes ano após ano.
Outra grande fonte de poder para as mulheres é o movimento feminista. É um método de conseguir esmolas do governo e de destruir a vida de algum homem desafeto. O feminismo dá grande poder para as mulheres. E quanto mais poder elas obtém, mas poder elas querem. É por essa razão que elas estão ficando tão endemoninhadas, tão histéricas e intratáveis hoje em dia: elas estão cheias de poder e se sentindo poderosas e acham que não precisam mais se esforçar para agradar os homens.
No entanto, pegue a feminista mais rançosa e radical, como a Feminista Lola por exemplo e pergunte a ela qual opinião que ela tem sobre os gays e homossexuais. Ela não medirá esforços em bajular os gays e o movimento gay. Ela até chama os travestis de "mulheres cis" achando que os travestis se sentiriam melhor se fossem chamados de "mulheres cis". Mas a verdade é que os travestis, a maioria deles não se vê como uma mulher; mas sim como um terceiro sexo. A maioria dos travestis se acham melhores do que as mulheres, e em muitas aspectos eles realmente são. Mas não é sobre isso que eu quero falar. Eu quero falar sobre a bajulação abjeta que o feminismo faz com os gays. Sabem por que elas lambem as solas do sapato dos gays? Porque no fundo, as feministas sabem que elas não tem poder algum sobre os gays. Não adianta o feminismo fazer marcha das vadias contra os gays, porque os gays não precisam das mulheres, então, as feministas tentam ser "amigas" dos gays, e tratam os gays como todos os mimos, fingindo que são santinhas, compreensivas, para conquistar a simpatia dos gays. Elas são espertas e sabem que num mundo onde todos os homens fossem gays, o feminismo não teria a menor importância, já que as mulheres não teriam moeda de troca nenhuma para oferecer aos homens, em troca dos privilégios que recebem. Queremos mais direitos!! Diriam as feministas. Mas os gays responderiam: hahaha minha cara, então lute pelos seus direitos, porque eu não gosto dessa sua fruta, então de mim, não espere nenhuma esmola de poder, viu? As feministas sabem que se elas tratarem mal os gays, se elas tratarem os gays com o desrespeito que elas tratam os homens heteros, os gays dariam um monumental chute na bunda delas e mandariam elas catarem coquinho. Então, justamente porque elas não tem poder algum de manipular os gays, elas começam a tratar bem os homossexuais, a ouvir os problemas deles, a apoiar qualquer absurdo que os gays defendam. Já com os heteros, elas sabem que podem nos tratar mal, porque mesmo assim, os homens se rastejam aos pés delas, já que são obcecados com sexo. E depois elas ainda tem a petulância de dizer que o Nessahan Alita estava errado. Os gays são os que mais desprezam as mulheres, são os que mais tratam mal as mulheres, até porque os gays vêem nas mulheres, uma concorrente para disputar o sexo masculino. Então, as mulheres feministas tratam os gays com as maiores bajulações justamente porque os gays as desprezam. E elas tratam mal os heteros, justamente porque os heteros as amam. Ou seja, o grande Nessahan Alita estava certíssimo em tudo o que ele escreveu sobre as mulheres.

Poderá também gostar de: