Procuro Namorada

16/08/2013 17:53

Procuro Namorada

 

Procuro Namorada
 

Tenho casa, carro, bom ordenado, ou seja, tenho tudo. Tu não é necessário que tenhas nada. Mas isso sabes fazer muito bem. Tu dedica-te a queixares-te de tudo, a fazer-te de vítima, a gastar dinheiro e a viver bem. Tenho a certeza de que concordarás comigo de que é um bom plano para o casamento ou convivência. Bem ao fim de um ano de termos casado, por exemplo, pedes o divórcio. Por essa altura já serás mãe mesmo que eu não seja pai. Tu entendes. O passo seguinte é acusares-me de abuso sexual infantil e de te maltratar física e psicologicamente. Depois ficas com a minha casa, com o meu ordenado e com quem de certeza não será o meu filho.
Enfim, procuro uma mulher a sério: uma feminista. Uma mulher que saiba quais são os seus direitos e que não esteja disposta a que nenhum homem se resista a cedê-los. Uma "mulher" que defenda e imponha o seu direito a apropriar-se da propriedade dos homens, do suor de sua testa. É que o trabalhador não é convosco. Nunca acharam piada. Nunca foi o vosso gênero. Agora, graças à colaboração da maioria dos partidos políticos podem exercer o vosso legítimo direito ao roubo porque no fim de tudo, sempre se tratou disso, não é assim? Vocês sabiam-lo, nós sabiamo-lo e agora toda a gente o sabe.
O casamento e a convivência passou de ser um negócio por norma a ser uma simples questão de abordagem, saqueio, pilhagem e de fazer prisioneiros e escravos. Aproveita a circunstância. Será grátis porque gozam de toda a proteção e cobertura política-jurídica-mediática possível. Aproveita até que a revolução comece a revogar as leis feministas, ou seja escravagistas. Aproveita porque então as delinquentes e criminosas começarão a ser consideradas delinquentes e criminosas.


Revolução Antifeminista!

www.revolucionantifeminista.org